mistura de diferentes grãos

    Nutrição

    Granolas

    Saiba mais sobre os benefícios, composição e recomendação de consumo da Granola! 

    Prazer, eu sou a Granola!

    • Qual é a minha composição? 

    No Brasil, não existe uma legislação especifica que defina a composição da granola, mas normalmente é baseada na mistura alguns de cereais (aveia, farelo de trigo, gérmen de trigo, floco de arroz e floco de milho), grãos integrais (amendoim, linhaça e gergelim e soja), frutas secas (uva e banana passa, por exemplo), castanhas, nozes e pode conter mel ou açúcar¹ que são comumente consumidos no café da manhã ou lanches³.

    • Quais são meus benefícios? 

    A granola apresenta diversos benefícios nutricionais, como quantidades elevadas de fibras alimentares, energia, vitaminas e minerais, proteínas, carboidratos e gorduras boas, ou seja, gorduras que quando consumidas dentro de um contexto alimentar equilibrado, estão relacionadas a benefícios ao organismo, como por exemplo, prevenção de doenças cardiovasculares².

    Fornece principalmente fibras solúveis e insolúveis. As fibras solúveis contribuem para a diminuição do nível de colesterol e atuam no combate à obesidade. Enquanto as fibras insolúveis aceleram a velocidade do trânsito fecal e estimulam o bom funcionamento intestinal³.

     

     

    • Qual a minha recomendação de consumo? 

    Para adultos saudáveis numa dieta de 2.000 kcal, recomenda-se consumir aproximadamente de 2 a até 4 colheres de sopa (20 a 40g) ao dia (quantidade pode variar de acordo com o nível de atividade física, idade e as necessidades energéticas individuais).De acordo com a legislação, a porção de referência para cereais como a granola, é de 40g. 

    Referências:

    1)http://www.scielo.br/pdf/cta/v23n1/18261.pdf

    2)http://www.olharvital.ufrj.br/2006/index.php?id_edicao=144&codigo=10

    3)https://editora.unoesc.edu.br/index.php/evidencia/article/download/10382/pdf 

    granola

    Notas

      Vamos CONVERSAR

      Como encontrar alimentos feitos com grão integral?

      Duas dicas importantes: • Procure rótulos em que a palavra "integral" apareça na frente do nome do grão, como em "trigo integral" ou "pão integral". • Nos alimentos com mais de um ingrediente, verifique se "grão integral" aparece no início da lista de ingredientes. Dependendo da posição na lista, maior será a quantidade de grão integral na receita. Outra informação importante é a porcentagem de grão integral, que também costuma aparecer na lista de ingredientes.

      Por que a Nestlé usa o termo "óleo vegetal" nas embalagens?

      Nem todos os óleos vegetais são de palma, e vários tipos de óleo são usados nos produtos alimentícios, como óleo de coco, de girassol ou de canola.

      Quais cereais Nestlé são feitos com grão integral?

      Todos os cereais Nestlé que têm o selo de garantia de cereal integral na embalagem são feitos com grão integral: essa é nossa Garantia de Cereal Integral. Cada porção de 30 gramas tem no mínimo 8 gramas de grão integral. Há listas que mostram a quantidade exata dos ingredientes em todas as embalagens. Desde o fim de 2015, assumimos o compromisso de tornar o grão integral o principal ingrediente dos cereais Nestlé que as crianças adoram.

      O que é índice glicêmico?

      Todos nós já ouvimos falar no "nível de açúcar no sangue" e em como um nível de açúcar equilibrado ajuda a ter energia e o peso adequado. O índice glicêmico (IG) é um indicador biológico de como os níveis de glicose no sangue são afetados por uma quantidade fixa de carboidratos em alimentos e bebidas. Em outras palavras, ele mostra se o carboidrato é liberado de forma "lenta" ou "rápida".