um rapaz com uma máscara e uma rapariga com óculos estão sentados à mesa de pequeno-almoço

Rotina Matinal

Um bom pequeno-almoço ajuda a crescer

Elas bocejam. Elas esfregam os olhos. Depois de uma longa noite de sono, as crianças precisam de um pequeno-almoço nutritivo para enfrentar o dia. Logo de manhã, devem ingerir cerca de 20% do total da energia diária necessária, bem como uma quantidade significativa de alguns nutrientes.[1]

Quem toma o pequeno-almoço tem melhores resultados!

As crianças precisam de um bom pequeno-almoço logo pela manhã para reforçar a sua atenção, especialmente se a primeira aula for a de Matemática! Veja se sabe a resposta: foram dados testes de memória e problemas para resolver, a dois grupos de crianças. Quem acha que conseguiu os melhores resultados? Os que tomaram o pequeno-almoço ou os que ficaram sem comer? Isso mesmo. Foram os meninos e meninas que tomaram o pequeno-almoço.[2]

 

Aprendizagem precoce

Como o pequeno-almoço costuma ser fácil de preparar, até as crianças mais pequenas podem aprender a preparar a sua própria refeição (é verdade que com alguma desarrumação e alimentos fora do prato à mistura, mas essa é a melhor parte de ter filhos. Não é... ?). Entre servir o leite e barrar manteiga (desde que não seja na camisa acabada de passar) há muito potencial para a diversão em conjunto. E ao escolherem o que comem também podem aprender a fazer escolhas saudáveis e desenvolver bons hábitos que ficam para a vida.[3]

um desenho de um menino e uma menina a observarem um sistema de servir cereais numa taça, acionado por um hamster a correr numa roda

Sabia

que?

Ilustração de um faraó com um kamut

Tut, tut ...

O khorasan é uma variedade de trigo que foi trazida para os EUA como uma lembrança de um túmulo egípcio e era vendida como "Trigo do Rei Tut". Hoje conhecido como kamut, a antiga palavra egípcia para trigo, é um cereal rico e de sabor amanteigado.

Ilustração de um grão de arroz branco e negro

Arroz mascarado

O arroz selvagem não é arroz, na verdade. É a semente de uma erva aquática originalmente cultivada pelas tribos nativas da América. O seu sabor é muito intenso e é muito caro, e por isso costuma ser misturado com outros tipos de arroz.

O efeito pequeno-almoço!

Sabia que?

  • As crianças que comem logo de manhã têm maior probabilidade de terem dietas alimentares mais equilibradas. [4]
  • Os adolescentes tendem a fazer mais exercício quando tomam o pequeno-almoço regularmente[5] (quem iria imaginar que algo tão simples como o pequeno-almoço pudesse tirar um adolescente do sofá para fazer exercício?!).
  • O pequeno-almoço faz-lhes bem. Não é um mito. Há muita investigação científica que o prova!
um desenho de um rapaz a observar a sua colher cheia de cereais na mesa da cozinha
uma mulher a secar a loiça depois do pequeno-almoço

O que precisa de ter no seu prato pela manhã?

Um pequeno-almoço equilibrado ajuda-o a preparar-se para o dia. Escolha diferentes tipos de cereais, fruta e lacticínios para uma dieta equilibrada!

Ler mais Read the full article "O que precisa de ter no seu prato pela manhã?"

1, 2, 3... vamos tomar o pequeno-almoço!

um desenho de rapazes a jogarem futebol

Veja as nossas sugestões para tornar o pequeno-almoço um momento imperdível!

1. Puxe pela criatividade!

De vez em quando (sabemos que de manhã não tem assim tanto tempo), porque não transformar o pequeno-almoço dos seus filhos numa obra de arte? Eles vão acordar desejosos de ver o que os espera! Pode usar fruta em pedaços para criar uma obra-prima no prato ou usar um cortador de bolachas para dar formas originais ao pão ou às torradas.

2. Agora todos juntos...

As crianças adoram imitar. Por isso, ao sentar-se com elas a tomar o pequeno-almoço, aumenta a probabilidade delas aprenderem a fazer o mesmo e gostarem!

3. O poder da escolha

Experimente colocar vários alimentos na mesa e deixar a criança decidir o que quer comer. Pode usar duas ou três variedades de cereais de pequeno-almoço, ter frutos diferentes para juntar aos cereais ou, ainda, perguntar se querem os ovos cozidos ou estrelados.

Mais ideias para pequenos-almoços divertidos

Notas de rodapé

  1. Cho S, Dietrich M, Brown CJ et al (2003) The effect of breakfast type on total daily energy intake and body mass index: results from the Third National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES III). J Am Coll Nutr. Aug;22(4):296-302.• Serra Majem L et al (2004) Nutricion infanil y juvenile. Estudio enKid. Elsevier Espana: Volume 5.• Rampersaud GC, Pereira MA, Girard BL et al (2005) Breakfast habits, nutritional status, body weight, and academic performance in children and adolescents. J Am Diet Assoc. May;105(5):743-60.
  2. Kennedy E & Davis C (1998) US Department of Agriculture School Breakfast Program. Am J Clin Nutr. Apr;67(4):798S-803S
  3. Kennedy E & Davis C (1998) US Department of Agriculture School Breakfast Program. Am J Clin Nutr. Apr;67(4):798S-803S.
  4. • Matthys C, De Henauw S, Bellemans M et al (2007) Breakfast habits affect overall nutrient profiles in adolescents. Public Health Nutr. Apr;10(4):413-21.• Raaijmakers LG, Bessems KM, Kremers SP et al (2010) Breakfast consumption among children and adolescents in the Netherlands. Eur J Public Health. Jun;20(3):318-24.
  5. Keski-Rahkonen A, Kaprio J, Rissanen A et al (2003) Breakfast skipping and health-compromising behaviors in adolescents and adults. Eur J Clin Nutr. Jul;57(7):842-53.

Notas de rodapé

  1. ^ *Cho S, Dietrich M, Brown CJ et al (2003) The effect of breakfast type on total daily energy intake and body mass index: results from the Third National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES III). J Am Coll Nutr. Aug;22(4):296-302. *Serra Majem L et al (2004) Nutricion infanil y juvenile. Estudio enKid. Elsevier Espana: Volume 5. *Rampersaud GC, Pereira MA, Girard BL et al (2005) Breakfast habits, nutritional status, body weight, and academic performance in children and adolescents. J Am Diet Assoc. May;105(5):743-60.
  2. ^ Kennedy E & Davis C (1998) US Department of Agriculture School Breakfast Program. Am J Clin Nutr. Apr;67(4):798S-803S
  3. ^ Kennedy E & Davis C (1998) US Department of Agriculture School Breakfast Program. Am J Clin Nutr. Apr;67(4):798S-803S.
  4. ^ • Matthys C, De Henauw S, Bellemans M et al (2007) Breakfast habits affect overall nutrient profiles in adolescents. Public Health Nutr. Apr;10(4):413-21. • Raaijmakers LG, Bessems KM, Kremers SP et al (2010) Breakfast consumption among children and adolescents in the Netherlands. Eur J Public Health. Jun;20(3):318-24.
  5. ^ Keski-Rahkonen A, Kaprio J, Rissanen A et al (2003) Breakfast skipping and health-compromising behaviors in adolescents and adults. Eur J Clin Nutr. Jul;57(7):842-53.

marcas de cereais& Produtos

Vamos falar

Tentámos responder ao maior número possível de perguntas. Pode procurá-las todas aqui:

Nos países emergentes, os produtos Nestlé têm mais sal do que os produtos nos países desenvolvidos?
Ao longo dos últimos 15 anos, empenhámo-nos em reduzir o sódio (que é o componente principal do sal) nos nossos cereais de pequeno-almoço em todo o mundo, pois queremos continuar a fazê-los mais nutritivos. Alcançar uma fórmula consistente em todos os produtos não se consegue do dia para a noite - por isso, é possível que alguns produtos contenham mais sódio do que outros. O nosso objetivo é que todos os nossos cereais – a nível global – tenham os mesmos níveis reduzidos de sódio, tendo como alvo menos de 135mg por dose em todos os nossos produtos para crianças.
Quais são as vantagens nutricionais e para saúde dos Nestlé Corn Flakes Sem Glúten?
Para além de serem uma opção saudável para quem quer reduzir a quantidade de glúten na sua dieta ou que têm doença celíaca ou intolerância ao glúten, os Corn Flakes Sem Glúten são também enriquecidos com vitaminas do complexo B, ácido fólico e ferro.
Como posso encontrar alimentos feitos com cereais integrais?
Duas coisas a reter: • Procure rótulos dos alimentos que incluam a palavra 'integral' à frente do nome do cereal, como “trigo integral” ou “pão integral”. • Para alimentos com mais de um ingrediente, certifique-se de que o cereal integral aparece no início da lista de ingredientes. Quanto mais no topo da lista, maior a percentagem de cereais integrais que foi usada na receita. E tenha atenção à percentagem de cereais integrais. Deverá encontrar esta informação também na lista de ingredientes. É fácil saber se um cereal de pequeno-almoço da Nestlé é feito com cereais integrais: basta procurar pelo faixa verde e o certo dos cereais integrais na parte superior da embalagem.
Ouvi dizer que uma dieta com um IG baixo me pode ajudar a perder peso. É verdade?
É muito cedo para dizer ao certo. A ciência ainda está a dar os primeiros passos nesta área. Há provas de que os alimentos com baixo IG demoram mais a serem digeridos e o ajudam a sentir-se satisfeito durante mais tempo, mas não há nada que comprove que ingerirá menos calorias na refeição seguinte.
MOSTRAR TODAS AS PERGUNTAS FREQUENTESPress to see all FAQs

Todos os comentários acerca dos cereais Nestlé são importates para nós, por isso a sua opinião é sempre muito bem-vinda.

Morada para devolução

Se não está satisfeito com o produto que adquiriu, devolva-o para:

Apartado 68 - 2796-901 Linda-a-Velha

Serviço ao consumidor

Contacte gratuitamente o Serviço ao Consumidor da Nestlé:

800 203 591.

O Serviço ao Consumidor está aberto das 8:30 às 20:30 (Segunda a Sábado, exceto feriados).

Facebook

Pode também contactar-nos via Facebook:

Nestlé Saboreia a Vida