Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

pai e filho sentados a desfrutarem juntos os seus cereais de pequeno-almoço.

Educação

Desperte para um bom pequeno-almoço

ZzZZZZZzzzz. Desculpe, acordámo-la? Todos conhecemos bem as tonturas logo a seguir ao acordar. Elas acontecem porque, durante a noite, o seu metabolismo fica mais lento. Mas não se preocupe: basta reabastecer para que comece logo a trabalhar! 

O pequeno-almoço é a melhor maneira de começar o dia

É recomendado começar o dia com uma refeição que forneça cerca de 20% da energia diária necessária. Deve também contribuir bastante para a ingestão diária de nutrientes, incluindo hidratos de carbono, vitaminas, minerais, proteínas e fibra. Ah, e as crianças precisam de ingerir ao pequeno-almoço até 25% da dose diária de cálcio.[1] Portanto, a função do pequeno-almoço é muito importante!

uma mulher a secar a loiça depois do pequeno-almoço

O que precisa de ter no seu prato pela manhã?

Um pequeno-almoço equilibrado ajuda-o a preparar-se para o dia. Escolha diferentes tipos de cereais, fruta e lacticínios para uma dieta equilibrada!

Ler mais Read the full article "O que precisa de ter no seu prato pela manhã?"

Quem perde o pequeno-almoço fica a perder!

O pequeno-almoço ajuda a enfrentar o dia. Se não o tomar, está a perder todas as coisas boas de que precisa para dar o seu melhor. Talvez pense que pode obter o que necessita mais tarde, mas os estudos demonstram que se não ingerir os nutrientes certos logo de manhã, é difícil compensar ao longo do dia.[2]

Sabia que?

Estudos demonstram que quem toma o pequeno-almoço tende a fazer melhores escolhas alimentares e ingerir mais nutrientes do que quem não o faz.[3] Tão simples quanto isto!

uma taça de cereais com mirtilos e framboesas
Uma mesa posta para o pequeno-almoço, vários adultos servem-se

Pequenos-almoços fantásticos de todo o mundo

O pequeno-almoço é uma refeição muito importante, mas é tomado de formas diferentes. Veja aqui uma lista de dez pequenos-almoços à volta do mundo.

Ler mais Read the full article "Pequenos-almoços fantásticos de todo o mundo"

Saltar o pequeno almoço e emagrecer não são sinónimos!

uma mulher a olhar para um pacote de leite ao lado do frigorífico aberto

Não tomar o pequeno-almoço não é uma forma eficaz de perder uns quilos. Porque se não ingerir os nutrientes de que precisa ao acordar, é provável que sinta fome à medida que a manhã passa.[4] E também é mais provável que coma qualquer coisa menos saudável quando a fome apertar! Existem estudos que demonstram que quem toma o pequeno-almoço tende a ter uma alimentação mais saudável do que quem não o faz.[5]

Portanto, aí tem: o pequeno-almoço ajuda a começar muito bem o dia. Mesmo! Da próxima vez que vir alguém cheio de energia logo de manhã, talvez seja porque começou o dia com um pequeno-almoço nutritivo e equilibrado.

Notas de rodapé

  1. O'Neil CE, Byrd-Bredbenner C, Hayes D et al (2014) The role of breakfast in health: definition and criteria for a quality breakfast. J Acad Nutr Diet. Dec;114(12 Suppl):S8-S26
  2. • Cho S, Dietrich M, Brown CJ et al (2003) The effect of breakfast type on total daily energy intake and body mass index:A Importância de um bom Pequeno-almoço | Cereais NestléJ Am Coll Nutr. Ago;22(4):296-302.• Serra Majem L et al (2004) Nutrición infantil y juvenile. Estudio enKid. Elsevier Espana: Volume 5.• Rampersaud GC, Pereira MA, Girard BL et al (2005) Breakfast habits, nutritional status, body weight, and academic performance in children and adolescents.performance académica em crianças e adolescentes. J Am Diet Assoc. Mai;105(5):743-60.
  3. Bertrais S, Polo Luque ML, Preziosi P et al (2000) Contribution of ready-to-eat cereals to nutrition intakes in French adults and relations with corpulence. Ann Nutr Metab. 44(5-6):249-55. • Albertson AM et al. (2001) Ready to eat cereal consumption habits of America adults: is there a relationship with body mass index? J Am Coll Nutr, 20: 585. • Albertson AM, Anderson GH, Crockett SJ et al (2003) Ready-to-eat cereal consumption: its relationship with BMI and nutrient intake of children aged 4 to 12 years. J Am Diet Assoc. 103:1613-19.
  4. Williams PG (2014) The benefits of breakfast cereal consumption: a systematic review of the evidence base. Adv Nutr. Sep 15;5(5):636S-673S.
  5. Preziosi P, Galan P, Deheeger M et al (1999) Breakfast type, daily nutrient intakes and vitamin and mineral status of French children, adolescents, and adults. J Am Coll Nutr. Apr;18(2):171-8.

Notas de rodapé

  1. ^ O'Neil CE, Byrd-Bredbenner C, Hayes D et al (2014) The role of breakfast in health: definition and criteria for a quality breakfast. J Acad Nutr Diet. Dec;114(12 Suppl):S8-S26
  2. ^ • Cho S, Dietrich M, Brown CJ et al (2003) The effect of breakfast type on total daily energy intake and body mass index: A Importância de um bom Pequeno-almoço | Cereais Nestlé J Am Coll Nutr. Ago;22(4):296-302. • Serra Majem L et al (2004) Nutrición infantil y juvenile. Estudio enKid. Elsevier Espana: Volume 5. • Rampersaud GC, Pereira MA, Girard BL et al (2005) Breakfast habits, nutritional status, body weight, and academic performance in children and adolescents. performance académica em crianças e adolescentes. J Am Diet Assoc. Mai;105(5):743-60.
  3. ^ • Bertrais S, Polo Luque ML, Preziosi P et al (2000) Contribution of ready-to-eat Cereais to Nutrição intakes in French Adultos and relations with corpulence. Ann Nutr Metab. 44(5-6):249-55. • Albertson AM et al. (2001) Ready to eat cereal consumption habits of America adults: is there a relationship with body mass index? J Am Coll Nutr, 20: 585. • Albertson AM, Anderson GH, Crockett SJ et al (2003) Ready-to-eat cereal consumption: its relationship with BMI and nutrient intake of children aged 4 to 12 years. J Am Diet Assoc. 103:1613-19.
  4. ^ Williams PG (2014) The benefits of breakfast cereal consumption: a systematic review of the evidence base. Adv Nutr. Sep 15;5(5):636S-673S.
  5. ^ Preziosi P, Galan P, Deheeger M et al (1999) Breakfast type, daily nutrient intakes and vitamin and mineral status of French children, adolescents, and adults. J Am Coll Nutr. Apr;18(2):171-8.

marcas de cereais& Produtos

Vamos falar

Tentámos responder ao maior número possível de perguntas. Pode procurá-las todas aqui:

Nos países emergentes, os produtos Nestlé têm mais sal do que os produtos nos países desenvolvidos?
Ao longo dos últimos 15 anos, empenhámo-nos em reduzir o sódio (que é o componente principal do sal) nos nossos cereais de pequeno-almoço em todo o mundo, pois queremos continuar a fazê-los mais nutritivos. Alcançar uma fórmula consistente em todos os produtos não se consegue do dia para a noite - por isso, é possível que alguns produtos contenham mais sódio do que outros. O nosso objetivo é que todos os nossos cereais – a nível global – tenham os mesmos níveis reduzidos de sódio, tendo como alvo menos de 135mg por dose em todos os nossos produtos para crianças.
Quais são as vantagens nutricionais e para saúde dos Nestlé Corn Flakes Sem Glúten?
Para além de serem uma opção saudável para quem quer reduzir a quantidade de glúten na sua dieta ou que têm doença celíaca ou intolerância ao glúten, os Corn Flakes Sem Glúten são também enriquecidos com vitaminas do complexo B, ácido fólico e ferro.
Como posso encontrar alimentos feitos com cereais integrais?
Duas coisas a reter: • Procure rótulos dos alimentos que incluam a palavra 'integral' à frente do nome do cereal, como “trigo integral” ou “pão integral”. • Para alimentos com mais de um ingrediente, certifique-se de que o cereal integral aparece no início da lista de ingredientes. Quanto mais no topo da lista, maior a percentagem de cereais integrais que foi usada na receita. E tenha atenção à percentagem de cereais integrais. Deverá encontrar esta informação também na lista de ingredientes. É fácil saber se um cereal de pequeno-almoço da Nestlé é feito com cereais integrais: basta procurar pelo faixa verde e o certo dos cereais integrais na parte superior da embalagem.
Ouvi dizer que uma dieta com um IG baixo me pode ajudar a perder peso. É verdade?
É muito cedo para dizer ao certo. A ciência ainda está a dar os primeiros passos nesta área. Há provas de que os alimentos com baixo IG demoram mais a serem digeridos e o ajudam a sentir-se satisfeito durante mais tempo, mas não há nada que comprove que ingerirá menos calorias na refeição seguinte.
MOSTRAR TODAS AS PERGUNTAS FREQUENTESPress to see all FAQs

Todos os comentários acerca dos cereais Nestlé são importates para nós, por isso a sua opinião é sempre muito bem-vinda.

Morada para devolução

Se não está satisfeito com o produto que adquiriu, devolva-o para:

Apartado 68 - 2796-901 Linda-a-Velha

Serviço ao consumidor

Contacte gratuitamente o Serviço ao Consumidor da Nestlé:

800 203 591.

O Serviço ao Consumidor está aberto das 8:30 às 20:30 (Segunda a Sábado, exceto feriados).

Facebook

Pode também contactar-nos via Facebook:

Nestlé Saboreia a Vida